Notícia 14/10/2019

Plataforma de Ciência de Dados em saúde já tem mil usuários cadastrados

  • Ascom/Icict

A Plataforma de Ciência de Dados aplicada à Saúde (PCDaS), projeto do Icict que disponibiliza serviços de computação científica para a pesquisa quantitativa em saúde pública, alcançou a marca de mil usuários cadastrados. Para o coordenador da PCDaS, Marcel Pedroso, do Laboratório de Informação em Saúde (Lis/Icict/Fiocruz), a adesão representa um reconhecimento da comunidade em relação à sua utilidade e inovação.

“Estamos conseguindo alcançar um dos objetivos principais da plataforma, que é fomentar uma rede de cientistas de dados que se interessam pelos temas de saúde”, aponta Pedroso. “Outro aspecto importante é que a infra-estrutura tem se mostrado robusta para atender esse público em termos tecnológicos e de suporte”, completa.

Lançada em 2016, a PCDaS é uma iniciativa do Lis/Icict e do Centro de Informação e Comnicação (CTIC/Icict), em parceria com o Laboratório de Nacional de Computação Científica (LNCC), que abriga toda a infra-estrutura de processamento da plataforma. Seu principal objetivo é possibilitar armazenamento, gestão, análise, visualização de grandes volumes de dados de saúde, visando a realização de estudos e pesquisas sobre determinantes socioambientais, dentre outros.

Desde sua criação, tem sido utilizada por pesquisadores , docentes e estudantes de instituições de ensino e pesquisa, bem como gestores públicos. O fortalecimento de ações de comunicação é a próxima meta da PCDaS. “Nossa intenção é obter mais feedback, com enquetes e levantamentos sobre que tipos de bases de dados poderiam ser disponibilizadas na plataforma e outras questões. Também planejamos a criação de um boletim digital visando estimular a participação dos membros de nossa comunidade e aprimorar os serviços oferecidos”, informa o coordenador.

Conheça a PCDaS: https://pcdas.icict.fiocruz.br

Conteúdo original

Artigos Relacionados