Notícia 17/11/2022

Equipe da PCDaS realiza oficina presencial em Petrópolis para planejar as atividades de 2023

Pela primeira vez desde o início da pandemia da Covid-19, a maioria dos membros se reuniu pessoalmente para fazer um balanço de 2022 e planejar próximos passos

  • Nelson Niero Neto

No último dia 10 de novembro, a equipe da PCDaS (Plataforma de Ciência de Dados aplicada à Saúde) se reuniu presencialmente no Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), em Petrópolis (RJ), para uma oficina de planejamento estratégico das atividades de 2023. 

Além dos membros da Plataforma, participou também o pesquisador Fabio Porto, coordenador adjunto da PCDaS e um dos coordenadores do Extreme Data Lab (DEXL/LNCC).

Durante a oficina, a equipe traçou um plano estratégico para 2023, colocando em perspectiva a missão e os objetivos da Plataforma, bem como as conquistas e dificuldades de 2022, para em seguida destacar as qualidades atuais do projeto e elencar os pontos que merecem atenção para o próximo ano.

Conceitos fundamentais para a manutenção evolutiva  da PCDaS foram discutidos durante a atividade, como os recursos humanos, financeiros e de infraestrutura, os principais parceiros e as capacitações internas e externas, além do fomento à comunidade de cientistas de dados em saúde que utilizam a Plataforma.

Conhecendo o LNCC

Como muitos integrantes da PCDaS ingressaram na Plataforma nos últimos dois anos, a pandemia da Covid-19 havia impedido, até então, um encontro presencial reunindo toda a equipe. Por isso, parte dela aproveitou a oficina para se conhecer presencialmente, e também visitar, pela primeira vez, o prédio do LNCC.

Entre os pontos visitados esteve a nova sala da PCDaS, a ser inaugurada oficialmente em 2023, e também o espaço que abriga fisicamente o cluster de computadores dedicados à Plataforma.


Artigos Relacionados